01/03/2017

Três vezes Campeão, Coruripe completa 14 anos de história

 |

Fundado em 1º de março de 2003, a Associação Atlética Coruripe completa 14 anos de história, nesta quarta-feira, 01. Campeão alagoano em 2006, 2007 e 2014, o Coruripe se tornou uma grande referência no futebol do Estado pelas boas campanhas realizadas nos últimos anos.

Quarto colocado no Campeonato Alagoano 2016, o Coruripe aposta nesta temporada nos jovens das categorias de base. No final do ano passado, o Hulk conquistou o título da Copa do Nordeste Sub 20 ao vencer o Ceará 1 a 0, em um jogo emocionante no estádio Gerson Amaral, na cidade de Coruripe.  

No ALAGOANO CARAJÁS, o Coruripe está no grupo A ao lado de CRB, CEO, Murici e Sete de Setembro. O calendário do futebol do Coruripe promete muita disputa para esse ano. Além do Estadual, o alviverde do Litoral Sul disputará no segundo semestre o Campeonato Brasileiro da série D, já que em 2016 o clube herdou a vaga do CSA, que conquistou o acesso no ano passado para a série C.

Bicampeonato Alagoano

A história das conquistas de títulos do Coruripe começou com três anos de fundação do clube. Em 2006, o time comandado pelo artilheiro Edson Di superou o CSA na final e levantou a primeira taça do clube alagoano. No ano seguinte, o Coruripe repetiu a dose. Chegou novamente à final e derrotou o Corinthians Alagoano, ficando com o título de campeão alagoano 2007.

Sete anos mais tarde, o Coruripe chega novamente a uma final de Campeonato Alagoano. O adversário, dessa vez, era o CRB, que decidia o título no estádio Rei Pelé com o apoio do torcedor. Jogando pelo empate num cenário desfavorável, o Coruripe desbancou todo o favoritismo do adversário e conquistou seu terceiro título de campeão alagoano ao segurar o empate de 0 a 0. 

Foto: Ailton Cruz

--

Siga-nos nas redes sociais
Autor: FAF

Próximos jogos

Próximos jogos
 
 
20/09 às 15h:00 SDM x DSA
20/09 às 15h:00 SCP x ZEC
20/09 às 15h:00 COM x IAC
20/09 às 19h:00 DMS x AGR
23/09 às 15h:00 PPA x JAC

Classificação

Campeonato Alagoano Feminino (Primeira fase)